15 de ago de 2013

Espírito de Gelo








                                                                       Espírito de Gelo
                                                              Escrito por LunA Daimon


Rastejando sobre as paredes pálidas
As mãos petrificam junto aos olhos
Olhos se fecham como  janelas enferrujadas
Paralisando o delicado corpo
Afundado em tecidos que aquece

Espírito de Gelo veio me visitar
Desejando um abraço
Veio conversar
Soprando pensamentos e inspiração
Castigo sem receio
Forte sensação
De uma utópica solidão

Grandioso Espírito de Gelo
Solitário Cavaleiro Sombrio
Trajado em seu manto negro
Olhares distantes se focam no vazio

Não desejo vossa presença
Apenas aguardo
Por abraços que me aqueçam
E me protejam destas noites cinzentas.
Para que assim possa clarear
Toda esta escuridão.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas