domingo, 21 de abril de 2019

Quietude

QUIETUDE
( 21.04.2019 - LunA Daimon)

Amanheceu novamente,
Ao abrir os olhos, mil pensamentos.
Preciso fazer isso, aquilo e aquele outro.
Um pequeno halo de luz surge na janela.
Uma faísca de esperança brilha distante.
Hora de parar tudo por um instante.

Respiro profundamente e me concentro nisso.
Mais um longo dia está prestes a começar.
Devemos buscar motivação em pequenas coisas,
Acreditar que hoje será um dia incrível.
Para que possamos voltar a sonhar grandiosamente,
Primeiro precisamos aprender a agradecer,
As pequenas coisas, os pequenos instantes ,
Que se mostram a nossa frente, todos os dias.

Uma mente barulhenta, gritante constante,
Não consegue ver a gloriosa benção que ali está.
Portanto, aquiete a sua mente,
Nem que for por 2 minutos,
E desfrute da beleza que existe e coexiste,
Nesta longa jornada,
Chamada Vida.




domingo, 14 de abril de 2019

Repentino - Poesia




Repentino
( by LunA Daìmon)

A tempestade cessou,
De repente.
Os olhos se abriram,
Após séculos.
Tudo estava diferente.
O que aconteceu?
Onde estou?
Para onde vou?

Os ventos mostram a direção,
As estrelas a iluminam.
Algo novo,
Despertar,
Irei correr,.
Quero voar!
Alguém segure minhas mãos,
Não sei onde vou parar.
Algo irá acontecer,
Repentino.

Carpe Noctem.

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas

Meu 2° Livro

Meu  2° Livro
Versos Negros Alma Branca é um livro de Poesias Góticas para todos que apreciam esta bela arte. Basta clicar na imagem acima para conhecer sobre o livro e efetuar o cadastro no site e compra-lo.

Seguidores