24 de ago de 2016

Implosão

Implosão
 ( Escrito por LunA Daimon)

Quando os olhos se fixam distantes,
A mente divaga por fragmentos congelados,
Milhões de pontos de luz implodem,
Dentro de uma grande máquina,
Que perdera seu calor,
Que perdera seu amor,
Derradeira, perdida,
Nada se encaixa nesta vida,
Torpor,

Paisagens quebradiças,
Memórias fixas,
Imutáveis.
Batalham incansavelmente,
Dentro de si.
Não,elas não querem sumir.

A espada perdeu o seu corte,
Não podemos contar com a sorte,
Presa na areia do tempo,
Cada segundo, um momento, perdemos.


O que vivemos?
O que queremos?
O que pensar?
Não podemos disfarçar.

Algo te devora,
Silenciosamente.
Implosão devastadora,
Destruidora,
De sonhos tão belos,
Mas não podemos ser sinceros,

 Você está me ouvindo?
Você consegue me ver?
Não, pois não são nada para você.

Implosão!
Milhões de pontos de luz,
Se apagaram.
Corra,
Grite,
Destrua este vírus,
Antes que te consuma,
E te tornes mais um soldado escravo,
Desta nação de vivos mortos.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas