21 de abr de 2016

Quando o caminho é a Solidão

Saudações,

Quantas vezes paramos por um instante e do nada bate aquela "bad" inexplicável?
No fundo sabemos do que se trata, mas se expormos para as pessoas erradas, elas dirão ou pensarão: "Garota doida " e logo se silenciarão como se nada estivesse acontecendo.

Aí nos jogamos na cama em total silêncio ou com alguma música de rítimo lento e um turbilhão de pensamentos, lembranças, emoções emergem junto a uma lágrima seca.

E aí pensamos: Saudades de um tempo que não vai voltar.
Saudades de dançar a noite inteira acompanhada de abraços e beijos,
Saudades de escutar meus amigos se abrirem de forma sincera, de compartilhar momentos.
Saudades de acordar de manhã ja ler um Bom dia!!! Todos os dias,
Saudades de ter alguém demonstrando se importar com você em palavras e atos.
Saudades de ter ouvidos para me escutar ou me ouvir

Hoje o que temos? Apenas faebook, opção: Curtir.
Whatzap? Uma forma tão rápida de comunicação,mas por termos todos os dias ali essa oportunidade, poucos sabem usar e aí dizem: Estou sem tempo para enviar uma mensagem de voz ou de texto perguntando como foi seu dia.

Realidade: Não é falta de tempo, é falta de sentir a necessidade de saber como cada pessoa está!

Tudo ficou fácil demais.
Tão facil que ninguém faz mais questão de nada.

Os dias passam, e o silêncio permanece.
E aí a gente resolve tentar contato, e após muitas horas ou muitos dias recebemos um simples: Sim estou bem. E o assunto morre aí.

Tentamos preencher este vazio com música. Mas chega uma hora que nem a música consegue.
Aí partimos para os filmes. Mas os filmes são muito superficiais e tediosos.

Hoje a galera só quer "pegar" e largar.

Onde estão as cartas, os elogios, as surpresas carinhosas, o coração pulsando forte, olhos brilhando, a roupa mais bonita para aquele encontro, a educação, a preocupação de fazer o amado se sentir bem e vice-versa?
Não existe mais.

E assim vamos vivemos um caminho solitário.
Pois a sociedade se sente ocupada demais para interagir como antigamente.

O tempo está passando. A existência se esvai junto ao tempo. E o que fizemos valer a pena?
Estamos acordados dentro de um sonho (ou um pesadelo).
Quando iremos mesmo acordar?

E aí tentamos ignorar todo esse vazio, pois ninguém realmente se importa. E aqueles que se importam, preferem não demonstrar isso, por medo talvez? Não sei.

Mas a sociedade acha que está certo assim.Então vamos sobrevivendo e fingindo que está tudo bem.

A real? O caminho é a solidão.
Ou a gente se acostuma ou a gente ficará sofrendo.

Como mudar o desejo de ter alguém para o desejo de não ter ninguém?
Quem quiser que me ensine. Pois meu desejo não mudou.

Carpe Noctem




10 de abr de 2016

::: Sobre a Purificação nas Luas Nova e Minguante :::






Saudações,

Há fases em nossa vida que precisamos descarregar sentimentos pesados que ficam ali nos assombrando ou enchendo nossa mente de imagens ruins.

Eu sempre aconselho nesta fase de lua ou nova ou minguante, fazer um ritual de purificação para descarregar essa carga tão negativa.

Se você anda sentindo-se solitário demais, triste sem razão, sem entusiasmo e sempre pega com pensamentos de tragédias e vivências que não são suas. Hora de praticar o seguinte:

### Ritual para Descarregar as Sombras ###

Material:
1 vela preta
1 papel branco
1 caldeirão ou um recipiente metalico ou de barro.
1 incenso de benjoim ou sálvia.
1punhal

Estando o seu altar montado como preferir. Prepare-se psicologicamente para este ritual, sabendo que estas emoções densas irão embora.
Antes de tudo, pense em tudo que te atormenta, é nesta hora que você poderá chorar, lamuriar para as paredes, e pegar o papel que havíamos reservado.
Escreva neste papel tudo que gostaria que saísse de dentro de si. Principalmente o que vem sentindo de ruim, as lembranças, os desejos negativos.

Após pensar em tudo e escrever, dobre o papel e diga:
"Dentro deste papel está todas as coisas ruins que irão queimar e desaparecer hoje da minha vida"

Acenda o incenso, acenda a vela. Feche seus olhos e lembre-se que todo o peso negativo está naquele papel.
Queime o papel na chama da vela negra, pedindo aos espíritos de luz ou a deidade que tu segues para que transmute toda energia ruim naquele instante.

" Com a força do fogo eu peço de coração que os elementais transmutem toda energia ruim em energias positivas. Que dentro dos meus corpos sutis haja equilíbrio, bem-estar e alegria. "Eu agradeço, eu agradeço e eu agradeço.

Sinta sua mente ficando leve e todos os pesares se soltando de você.

Pegue o punhal ( ou visualize em sua mente um punhal etérico em suas mãos) e faça movimentos de corte raspando próximo aos seus braços, como se você estivesse cortando fios que te atam as coisas ruins.
Visualize e procure sentir os cordões os fios negativos se partindo e te deixando livre.

Passe o punhal pela fumaça de incenso e pela chama da vela e coloque-o novamente no altar.

Agradeça aos espíritos presentes e finalize com agradecimento.

Depois vá fazer algo que goste e que te deixe alegre.

Espero que tenham gostado.

Carpe Noctem









9 de abr de 2016

Mundos

Saudações,

Quantas vezes fechamos os olhos para tentarmos nos tranquilizar?
Visitar outros mundos diferentes dos da gente, requer muita energia e força para após a visita procurar permanecer.
Ja viram o que acontece quando abandonamos uma casa num sítio?
É a mesma coisa quando abandonamos por um longo tempo Mundos que um dia visitamos.
Tudo começa a se tornar empoeirado, caindo aos pedaços, cria-se ervas daninhas,e por fim, bichos e mais bichos invadem. Ou então, outras pessoas invadem e se apossam.

Agora, se conseguimos retornar aquele Mundo mais vezes, todos os transtornos serão evitados.
Só que,há mundos que um dia os portões estão abertos e nos recebem com muita festa. Porém, há mundos fechados, escuros e gélidos. É necessário um espírito muito aventureiro para adentrar nestes mundos e se hospedar por algum tempo.

Bom, não sei bem o que ocorre. Desejo alguns Mundos inabitáveis que requer a energia que não tenho para frequenta-los.
O meu mundo é um mundo complexo, confuso, misturado. Um mundo que precisa de habitantes assíduos se não os portões se fecham.
E o seu Mundo, como é?

Carpe Noctem.
LunA Daimon

Seguidores

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas