27 de dez de 2015

Uma frase- Poder Pessoal





Acreditarmos no nosso Poder Pessoal faz com que todas as sombras se dissipem e revele o que se oculta em nossa Alma.

Acredite que conseguirás! Sempre! O resto serão consequências.
Carpe Noctem.
(LunA Daimon)

14 de dez de 2015

Você Vive ?

VocÊ vive ?


Tudo parece uma grande mentira.
Será mesmo que estamos vivos? Perguntou a insanidade.
Será mesmo que você sabe o que fazer para se sentir vivo? Perguntou a sabedoria.

É isso, será que sabemos o que fazer da nossa vida? Se não soubermos as fatalidades nos farão encontrar rapidamente um rumo adequado. Não é mesmo ?


Tudo é belo, incrível! Mas cabe somente a nós escolhermos enxergar esta beleza plena e sutil que existe por trás e gestos pequenos das pessoas ( que a todo instante tentam chamar nossa atenção com atitudes horríveis - tudo pq querem apenas chamar nossa atenção).

O que fez da sua vida hoje? Viveu? Ou adormeceu sem sentido algum.

O sentimento de VIDA só virá se quisermos e se lutarmos para senti-lo. Se não, nada sentiremos além e tédio e monotonia.


Boas reflexoes.

Carpe Noctem
LunA Daimon

6 de dez de 2015

Realidade Paralela

Dentro da nossa mente existe caminhos que evitamos percorrer.
Mas muitas vezes é através destes caminhos que aprenderemos alguma lição importante.
Quando dormimos um mundo de possibilidades nos espera. Só que por falta de conhecimento, a maioria pensa que este mundo é apenas fantasia sem sentido, descartando todas as oportunidades de ser um Semi=Deus, deixando de criar e fazer acontecer tantos anseios ocultos.

Por mais que segure isto e tente impedir. Não adiantará! Pois quando surgir, todo o cenário se moldará aos seus desejos secretos e trarão um dia para esta supérfula vida que intitulamos de "realidade."

Carpe Noctem

LunA Daimon  

4 de dez de 2015

Euforia Nostálgica




Euforia Nostálgica
( LunA Daimon)


Saudades dos teus versos e nossos reversos...
Das noites e vinho sem fim..
Dançando em plena escuridão,
Vestidos como anjos da noite.

Olhos nos olhos,
Alma com alma,
Euforia Nostálgica!

Tempo este que jamais voltará,
Tu se foi,
Levando toda beleza e a cordialidade,
Deixando apenas bobagens superficiais.

Saudades de algo que nunca mais,
Terei novamente em meus braços.

Euforia! Malditas lembranças!
Quem me dera esquecer,
Mas sua alma ainda pulsa,
Todos os dias em meu ser,
Aquele ser,
Que dissipou-se junto ao tempo,
Que não vi passar.

Seguidores

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas