2 de nov de 2015

Liberte-me!

Poesia Escrita por LunA Daimon



Liberte-me
(LunA Daimon)

Escreva com os olhos,
Escreva com suas lágrimas,
Escreva com seu corpo,
Escreva com seu coração solitário,
Não importa com estejas,
Apenas escrevas!

Minhas asas estão feridas,
Não consigo mais voar,
Minhas mãos estão tingidas,
Pela nostálgica sensação,
De poder lhe abraçar,

Escrevo sem pensar,
Escrevo sem sonhar,
Escrevo nas estrelas,
Nas paredes do abismo insano,

Quem poderás compreender?
Não há ninguém aqui,
Não há limites, 
Irei fugir.
Para um lugar que me trará,
O renascer!

Salve-me se for possível,
Deste dia chuvoso e cinza,
Onde estou?
Para onde devo ir?
Para dentro de algum abraço,
Apenas quero fugir,
Leve-me!

Leve-me,
Para ver o brilho da lua,
Refletida em seus lindos olhos,
Deixe-me esquecer destes fantasmas,
Ao sentir seu perfume cítrico,

Pois de saudades,
Todos vivem,
Mas não percebem,
O quanto a alma aprisiona,
Liberte-me!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas