quinta-feira, 1 de outubro de 2015

O Relógio do Tempo





O relógio do Tempo
(LunA Daimon)

Tudo está passando tão depressa,
Não reconheço mais
Os retratos congelados,
Empoeirados em meu quarto escuro,

Tudo está mudado,
O relógio do tempo acelerado,
A pele descamada,
Folhas rasuradas,

Memórias deslizam o infinito,
Tudo foi tão lindo,
Mas não pude perceber,
O que antes eu tive,
Em minhas mãos cálidas,

Tudo está sumindo,
Nada mais existindo,
Como um dia foi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas

Meu 2° Livro

Meu  2° Livro
Versos Negros Alma Branca é um livro de Poesias Góticas para todos que apreciam esta bela arte. Basta clicar na imagem acima para conhecer sobre o livro e efetuar o cadastro no site e compra-lo.

Seguidores