28 de out de 2014

Cálida Alma


Cálida Alma
(Escrito por LunA Daimon)


Ambiente escuro,
Janelas abertas
Lua no céu,
Apenas a presença dos esquecidos
Caminham junto a mim

Meus olhos tentam explicar
Tamanha angustia
Que não deixa de habitar
Os terrenos mais insanos
Da minha cálida alma

Caminho rente a solidão
Buscando alguém que segure minhas mãos
Sem nunca mais solta-las.

Não quebres meu sagrado silêncio
Se fores logo partir
Não traga-me grandes mistérios
Se nunca pudermos descobrir
Um mundo somente nosso,

Melodias fúnebres preenchem
Um vazio dimensionalmente cadente
Nestas salas sem vida.

Nada mais faz sentido
Sol cinza
Lua negra
Estrela apagada
Flores desmanchadas

E assim o tempo se esvai.

Frases da Poetisa 2

Portas aparecem em lugares inesperados. Para nos mostrar, que jamais temos que perder nossa esperança. ( LunA Daimon)

Frases da Poetisa 1

As janelas vem nos mostrar um mundo de possibilidades que nos aguarda la fora. Cabe somente a nós decidir, permanecer no conforto ou abraçar o que nos espera. ( LunA Daimon)

15 de out de 2014

Pare por um momento






Apenas por um momento, pare.
Veja tudo que  existe em sua vida e reflita:
O que aprendi com tudo isso?
O que sinto ao lembrar de tudo que passou?
Será que preciso mudar algo?
Talvez buscar novas direções ...

O que ficou, está fraco - quase inexistente
E a ânsia por algo maior pulsa a cada minuto que se esvai.

Por um momento vejo que nada está como um dia foi.
As pessoas sem ao menos notarem mudaram, acrescentaram novos aspectos em sua personalidade.
Outras pessoas foram embora sem ao menos despedir-se.
Outras retornaram com uma bagagem incrível para partilhar,

O que será bom para mim?
Sinto que chegou a hora de renovar muitas áreas da vida.

Pois nada mais me serve como um dia me serviu.

Sou grata a todos que comigo trilharam caminhos ingrimes.
Sou grata a todos por de alguma forma me ajudaram a ver tantas coisas que não via.

Agora chegou a hora .... De ver e sentir o melhor.

Carpe Noctem

LunA Daimon

Reflexão # O querer



Logo amanhecerá e eu aqui pensando sobre tantas questões da vida.
Refletindo sobre muitas vivências que tive ao longo da vida. 
Aprendi que não adianta querermos ajudar uma pessoa a superar uma grande tristeza ou a cura-la de uma doença se essa pessoa no fundo da sua alma não sente essa vontade...
Nao importa quais sejam nossas crenças nem magia alguma que façamos. A única pessoa que poderá ajuda-la será somente ela mesma.
Uma pessoa sem vontade, sem sede de viver não vive,adoece e padece.
Por isso, devemos pensar bem o que queremos e principalmente buscarmos o verdadeiro sentido da nossas vidas.
LunA Daimon

Seguidores

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas