19 de jul de 2014

Sono louco



Sono Louco
Escrito por LunA Daimon


Sono bate
Sono vem
Sono traz
Como ninguém
Vontade louca
De me jogar
Numa cama doida
De amaciar
A mente e o corpo
Levemente sem sufoco
Muito quente
De conforto
Para a gente
Poder matar
Este sono louco
Que nao quer cessar.
Sono louco
Que não me deixa
Trabalhar
Nem com cafe
Insiste ficar
E no balanço
Da cadeira
Me faz embarcar
Nos meus sonhos macabros
Como a névoa
Que me faz arrepiar
Na escuridão severa
Que chega assustar
Os novos viajantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas