12 de jul de 2014

Mãos do Tempo


Mãos do Tempo
Escrito por LunA Daimon


A cada instante vivemos sem saber que vivemos
Respiramos sem darmos o real valor
Um certo dia tudo desaparecerá em segundos
Tudo congelará de uma forma inesperada
E aí olharemos para traz e pensaremos:
O que fiz neste tempo ?

As mãos do tempo são pesadas e gélidas
Para aquece-las é preciso muita alegria de vida
Gratidão por tudo que temos a nossa volta
Amigos, amor, família.
Caso contrário, só restará frio e um simples
Até logo.
__________________________________________________________________

Me peguei pensando nisso, devido a alguns ocorridos que passei. E notei que a maioria das pessoas estão ligadas no automático, querendo cada vez mais coisas, mais pessoas. Assim esquecem do que ja tem hoje.

Não acho tão justo a forma que a vida é. Acredito que poderia ser diferente, mais longa , mais alegre. Mas não é ....
Um dia tudo desaparecerá .... E como aceitar isso?
Ainda busco respostas ...

Por isso que valorizo tanto o tempo e as pessoas .... Pois sei que somos passageiros, e o trem logo partirá desta estação ...

Fica aqui a reflexão.


Carpe Noctem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas