6 de abr de 2009

Branco e Preto


Branco e Preto
(LunA Daimon - 05.04.2009)

Branco está minha mente
Nada consigo pensar
Nada consigo sentir
Não consigo me acalmar

Sinto que estou caindo
Do alto da culpa consumada
Branco e Preto
Preto está meu olhar
Pretos estão minhas emoções
Raiva pelos meus erros
Raiva por causar decepções

As lâminas da minha boca
Feriram uma alma inocente
Não quero mais ver lágrimas e sofrimento
Quero quebrar esta lâmina maldita
Tornar-me mais presente

Branco e Preto
É o estado que me encontro
Sou um monstro
Será que mereço ser amada?
Palavras impensadas
Por favor não diga mais nada

Hoje a tarde está nublada
Não quero mais pensar no que fiz
Apenas carrego a certeza
Que farei de tudo para que sejas feliz

Os segundos estão passando
Preto e branco
Continuo lhe amando
Mais que minha própria vida
Tristeza repentina
Não me fira
Pois estamos juntos nessa estrada
Não há mais saída

Encontraremos muitas pedras
Mas não as atire em mim sem pensar
Pois continuarei caminhando em vossa direção
E não irei parar
Até que me abrace
E se lembre
O quanto és especial para mim

Desculpe-me se sou assim
Inconstante
Intolerante
Distante

O que será que merecemos?

Preto e Branco
Branco e Preto
Vinho e água
Desespero
Arrependimento

Perdoe-me ...

Um comentário:

  1. Quando estiveres triste, cairei aos teus pés e lhe darei o meu coração com toda a compreensão q reside nele... se for necessário cairei por ti e levantarei por mim quantas vezes for necessário, até q compreendas q acima de TUDO existe o meu amor por ti '♥.

    ResponderExcluir

Seguidores

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas