15 de abr de 2009

Terra





TERRA
( LunA Daimon - 15.04.2009)
Não sinto mais o cheiro de chuva
Apenas sinto fogo em meus pés
Não ouço mais o pulsar do coração da Terra
Apenas ouço o silêncio de milhares de cadáveres no chão
A água secou
A vida cessou
O ar se contaminou
Chegou o tempo
O dia que a Terra parou

Saudades da chuva
Saudades da Lua
Saudades do verde
Que um dia tivemos em abundância
Agora só nos resta
A esperança
De que tudo que vemos
Seja apenas
Um pesadelo
E que iremos acordar
Em breve

A Solução está no Problema




A Solução está no Problema


Já pensou alguma vez nesta frase? – “A Solução está no Problema”.
Pois ela está.
Todos os dias nós temos que lidar com dificuldades hora complexa hora simples. E existem vezes que acabamos buscando por soluções em lugares tão longínquos e nada conseguimos encontrar, além de mais problemas.

Para que possamos enxergar a solução dentro de um problema se faz necessário nos questionar; - Porque que estou passando por isso agora? No decorrer da semana ou no decorrer da minha vida eu já criei esse tipo de problema pra alguém? O que tenho que aprender com isso?
É isso, eis a resposta.

Toda dificuldade que temos, todo obstáculo que aparece na nossa vida é justamente uma solução. Toda dificuldade, todo “problema” se conseguirmos compreender que são apenas lições que temos que aprender, esses “problemas” se transmuta em soluções.

Tente achar o que você precisa aprender com esses acontecimentos ruins, pare de se queixar que fulano é culpado por estar acontecendo esses problemas em sua vida e admita que isso são apenas lições que você precisa aprender. Ao começar a ver assim, tudo no decorrer dos dias vai se resolver.

Se hoje tu reclamas que alguém lhe trata mal, olhe pra si mesmo e veja como tu já trataste as outras pessoas. E verás que o único culpado nisso tudo é você mesmo.

Ao invés de perder seu tempo reclamando das suas insatisfações e seus desgostos, porque tu não fazes uma reflexão sobre si mesmo e tenta enxergar se tu em algum momento possuis os mesmos defeitos que tu enxergas nas outras pessoas? Se conseguirmos ver problemas nos outros é sinal de que temos o mesmo “defeito” que essas pessoas. Pois não conseguimos identificar um defeito alheio se nós mesmos não tivemos conhecido esse defeito cara a cara. Ou seja, dentro de nós;


Aí tu me falas: “Ok, Luna, já reconheci que tem horas que acabo agindo igual fulano, mas o que eu faço se não suporto esse defeito nessas pessoas?”

Simples, não as critique nem as condene. Não grite com as pessoas que possuem defeitos que tu não suportas. Pois de nada resolverá. Apenas lembre-se que essas pessoas estão tentando chamar atenção agindo de forma intolerável ou elas estão tentando dar o melhor delas, mas não sabem exatamente como fazer isso e acabam errando sem perceberem.


O que fazer? Por mais que tu sejas tratado a gritos e ponta pés, faça de tudo para manter a calma tanto por dentro quanto por fora e não aja igual à pessoa que te mal tratou. Se te criticam, não critique mais ninguém, se te julgam, não julgue mais ninguém, se te magoam olhe pra si mesmo e veja se tu disseras palavras ofensivas pra alguém e lembre-se: Tudo são lições, observe o que tu não suporta nos outros e faça diferente seja com quem for, apenas faça sua parte, pois de uma coisa é certa: TODOS os seres que existe desejam ser tratados com respeito e carinho, apenas não sabem como conseguir isso, então acabam por agir de forma impensada.


A paciência e a compreensão mudam vidas. Cultive essas qualidades, veja mais a qualidade alheia e ao ver um defeito não critique, apenas ensine como transformar um defeito em uma qualidade e assim o problema se tornará solução.

E se alguém chegar em você e dizer que possui determinado defeito, não relute em dizer: “Eu??? Lógico que não” ... Não se sinta ofendido se alguém chegar em você e ser sincero, pelo contrário, agradeça a sinceridade e faça uma reflexão profunda no que foi dito a ti e veja se realmente tu necessitas melhorar alguns aspectos em sua personalidade. E melhore.


Espero que tenhas gostado desse pedacinho de conhecimento que partilhei contigo.
Abraços.

6 de abr de 2009

Falsidade Social


Falsidade Social
(LunA Daimon - 06.04.2009)

Sorria!
Você está sendo obrigado
Riqueza material
Falsidade Social
Corpos sem vontade
Clonagem da personalidade
Perfeição estética
Idêntica dialética
Sorria!
Você está sendo obrigado
A viver em meio à multidão de marionetes
Será manipulado
Eles tiram sua alegria
Eles te obrigam a seguir uma regra
Quebre-a
E tu serás um pobre desolado
Quanto mais olho para as pessoas reunidas
Mais acredito que já faleceu o sentido da vida
Na vida daquele que se vestiu de ultraje a rigor.
Em busca por sobrevivência
Mesmo que estejas triste
Sorria!
Mesmo que não suporte alguns eventos
Vá!
Esteja lá
Traga sua máscara
E serás eternamente elogiado
E serás eternamente enriquecido
Por conseguir fazer uma pintura tão perfeita
E esconder sua verdadeira
E reprimida
Personalidade.

Branco e Preto


Branco e Preto
(LunA Daimon - 05.04.2009)

Branco está minha mente
Nada consigo pensar
Nada consigo sentir
Não consigo me acalmar

Sinto que estou caindo
Do alto da culpa consumada
Branco e Preto
Preto está meu olhar
Pretos estão minhas emoções
Raiva pelos meus erros
Raiva por causar decepções

As lâminas da minha boca
Feriram uma alma inocente
Não quero mais ver lágrimas e sofrimento
Quero quebrar esta lâmina maldita
Tornar-me mais presente

Branco e Preto
É o estado que me encontro
Sou um monstro
Será que mereço ser amada?
Palavras impensadas
Por favor não diga mais nada

Hoje a tarde está nublada
Não quero mais pensar no que fiz
Apenas carrego a certeza
Que farei de tudo para que sejas feliz

Os segundos estão passando
Preto e branco
Continuo lhe amando
Mais que minha própria vida
Tristeza repentina
Não me fira
Pois estamos juntos nessa estrada
Não há mais saída

Encontraremos muitas pedras
Mas não as atire em mim sem pensar
Pois continuarei caminhando em vossa direção
E não irei parar
Até que me abrace
E se lembre
O quanto és especial para mim

Desculpe-me se sou assim
Inconstante
Intolerante
Distante

O que será que merecemos?

Preto e Branco
Branco e Preto
Vinho e água
Desespero
Arrependimento

Perdoe-me ...

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas