13 de jan de 2009

Bonecos Góticos




Bonecos Góticos
(LunA Daimon -12.01.2009)

Em uma cidade abandonada
Não há luz
Não há vida
Não há nada
Além de cinzas queimadas
Além de rostos esquecidos
Em pedaços de estátuas deformadas

Muitas vidas foram tiradas
E suas almas foram aprisionadas
Em mórbidos bonecos góticos
De pele pálida costurada
Com olhos entristecidos e manchados
De muito ódio reprimido e sentido
Vivenciado

Vestidos de preto
Jogados no chão
Em um quarto gélido
Condenados a viverem
Feito mortos-vivos na escuridão

Na espera de um milagre
De um sonho distante
Da vinda de um anjo
Ou de um demônio errante

Anjo Gótico libertador
Ou o Anjo da Morte ceifador
Apenas desejam que de alguma forma
Acabem de uma vez com essa dor
Libertem-nos!
Para em fim
Descansarmos em paz.


3 comentários:

  1. Que,fase intensa, sombria e deseperdora!!!

    ResponderExcluir
  2. muito legal o poema seu, sou fã dos gothicos mais verdadeiros, vc é um, parabéns.
    evan.evil9

    ResponderExcluir
  3. ´´e lindo gostei boa escuridão

    ResponderExcluir

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas