11 de dez de 2008

Mundo Pessoal - Aprendizado


Mundo Pessoal – Aprendizado


Cada pessoa tem um Mundo Pessoal e vivenciou inúmeros acontecimentos no decorrer dos anos.
Por mais que um indivíduo julgue que ninguém o compreende, que seus problemas somente ele sabe o que passou. Eis onde reside o engano.

Apesar de cada pessoa ser única, e viver em “mundos” diferentes, os problemas serão sempre iguais. E um desses problemas que considero o “vírus planetário” é o recusar ajuda, por achar que ninguém o entende. Desta forma impossibilita aqueles que quer ajudar e acaba por fim contribuindo para causar mais problemas ao mundo por inteiro.

Enquanto houver uma sociedade que recusa ajuda, que não deixa ninguém se aproximar, que teme a verdade do porque que possui tantos problemas em suas vidas pessoais. O planeta continuará padecendo de depressão, raiva, angústia, infelicidade, pobreza, doenças e solidão.
Aprendi que infelizmente ainda existem grupos de pessoas que gostam de sofrer. Aquele que recusa ser ajudado apesar de afirmar que se sente bem por viver daquele jeito, na realidade adora viver de forma negativa, adora sofrer. Cultiva sentimentos de tristeza, de sofrimento, de raiva e mostram para outras pessoas que assim levam a vida.Grupos de pessoas que sofrem e estão viciadas em sofrer e se vitimizam aos olhos dos outros o tempo todo.

Assim, vivem reclamando para outras pessoas ou ficam em silêncio reclamando para si mesmas: “Porque minha vida é assim? Eu odeio tanto esse mundo! Sinto-me tão depressiva, quero sumir daqui.”

Com tantos sentimentos baixos que cultivam todos os dias, os impossibilitam de tomar uma atitude que grande parte tem medo: MUDAR.

Mudar a forma de pensar dos problemas e encarar a realidade de frente.
Mudar os atos, começar a agir diferente.

Quem recusa ser ajudado devia admitir que foi a própria pessoa que gostava de que todos a olhassem com dó e que ela própria nunca se amou.

Não adianta exigir ser amado se você mesmo não se ama. E quem se ama, se cuida, busca ajuda e por mais que uma verdade doa, aprende que melhor aceitá-la para mudar, do que viver eternamente nesse sofrimento.

Se você não quer mudar para melhor, admita, tu gostas de sofrer. E não reclame disso.
E se você quer mudar, porque continua fazendo o que sempre fez?
Querer é Poder sim.

Para quem diz que “Querer não é Poder”, é porque apenas quis e não traçou metas para lutar e alcançar. E se traçou metas e tentou e não conseguiu, é porque não lutou o suficiente. Porque desistiu?

Quem quer de verdade faz de tudo para conseguir e se torna uma pessoa imensamente realizada. E não adianta dizer que vai mudar e após três semanas ou três meses voltar a fazer o que sempre fazia: reclamar, estagnar, e dizer que nunca tem tempo para fazer algo diferente. Ou então, dizer que quer mudar, e tudo ficar apenas em palavras, ou seja, falsas promessas.

Não adianta dizer que você é diferente de todas as pessoas. A diferença está em fazer a diferença. E quem adora se depreciar e viver na dor, por fim, acaba se tornando igual a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas